TLAXCALA تلاكسكالا Τλαξκάλα Тлакскала la red internacional de traductores por la diversidad lingüística le réseau international des traducteurs pour la diversité linguistique the international network of translators for linguistic diversity الشبكة العالمية للمترجمين من اجل التنويع اللغوي das internationale Übersetzernetzwerk für sprachliche Vielfalt a rede internacional de tradutores pela diversidade linguística la rete internazionale di traduttori per la diversità linguistica la xarxa internacional dels traductors per a la diversitat lingüística översättarnas internationella nätverk för språklig mångfald شبکه بین المللی مترجمین خواهان حفظ تنوع گویش το διεθνής δίκτυο των μεταφραστών για τη γλωσσική ποικιλία международная сеть переводчиков языкового разнообразия Aẓeḍḍa n yemsuqqlen i lmend n uṭṭuqqet n yilsawen dilsel çeşitlilik için uluslararası çevirmen ağı

 28/11/2020 Tlaxcala, the international network of translators for linguistic diversity Tlaxcala's Manifesto  
English  
 LAND OF PALESTINE 
LAND OF PALESTINE / 103 anos depois, palestinos iniciam ação judicial contra a Grã-Bretanha pela Declaração Balfour
Date of publication at Tlaxcala: 28/10/2020
Original: 103 ans après, des Palestiniens attaquent la Grande-Bretagne en justice pour la déclaration Balfour
Translations available: English  عربي  Deutsch  فارسی  Español  Italiano  Ελληνικά 

103 anos depois, palestinos iniciam ação judicial contra a Grã-Bretanha pela Declaração Balfour

AFP أ. ف. ب

Translated by  Coletivo de tradutores Vila Mandinga

 

 

Tradução dedicada ao Embaixador Arnaldo Carrilho
In memoriam

Nessa 5ª-feira, 103 anos depois da Declaração Balfour, advogados palestinos denunciaram formalmente a Grã-Bretanha, como responsável por essa Declaração, que abriu caminho para a criação da entidade sionista e pelo início do “padecimento dos palestinos”.

Assinada em 1917 pelo chefe da diplomacia britânica Arthur Balfour, a declaração manifesta o apoio de Londres ao “estabelecimento na Palestina de um lar nacional para o povo judeu”. A iniciativa de Londres é considerada passo importante no processo que conduziu à criação da entidade sionista em 1948, mas também, segundo os palestinos, à expulsão de 750 mil palestinos e ao conflito que já dura décadas.

Os denunciantes (...) entendem que o governo britânico é responsável por aquela declaração “sinistra”, e requerem indenização a ser paga aos palestinos agredidos, sem definir o valor.

“O Mandato britânico (estabelecido em 1920), está na raiz do sofrimento do povo palestino e abriu caminho para a violação de seus direitos e para que a terra palestina fosse saqueada” – disse Mounib al-Masri, chefe da Assembleia Nacional de Trabalhadores Independentes, em conferência de imprensa, em Ramallah.

A denúncia formal foi apresentada a um tribunal de Naplusa, ao norte da Cisjordânia ocupada, em nome da Fundação para Defesa dos Direitos dos Palestino, do Sindicato de Jornalistas e da Assembleia Nacional de Trabalhadores Independentes.

A Declaração de Balfour, dirigida a Lord Walter Rothschild, conhecido sionista britânico, pedia também – isso sim, ‘simbolicamente’ – que “nada se faça” que possa “prejudicar os direitos civis e religiosos das comunidades não judias na Palestina, ou – e aqui, sim, ‘preventivamente’ – os direitos e status políticos que os judeus desfrutam em qualquer outro país”.

http://tlaxcala-int.org/upload/gal_8017.jpg

 





Courtesy of Tlaxcala
Source: https://www.lorientlejour.com/article/1237752/un-siecle-apres-des-palestiniens-poursuivent-londres-pour-la-declaration-balfour.html
Publication date of original article: 22/10/2020
URL of this page : http://www.tlaxcala-int.org/article.asp?reference=29939

 

Tags: Declaração BalfourGrã-Bretanha Palestina/Israel
 

 
Print this page
Print this page
Send this page
Send this page


 All Tlaxcala pages are protected under Copyleft.